quinta-feira, 14 de setembro de 2017

GUARDA MUNICIPAL: O PATRIMÔNIO DO POVO É LUTA DESTE GOVERNO E SEMPRE SERÁ



A Guarda Civil municipal foi criada pela lei municipal na administração do ex-prefeito Auricélio Teixeira. Mas é fato público que a GM foi aperfeiçoada e equipada na atual administração do prefeito Hélio Willamy, que sempre valorizou e acreditou na família azul, como ele costuma chamar.

Diante da grande repercussão nas redes sociais, o Blog foi em busca de respostas, por entender que a Guarda Civil Municipal, presta relevantes serviços à população, garantindo a segurança do patrimônio público e da população, desde sua criação no ano de 2010.

Mesmo com diversas denúncias contra a lei que migrou vigias e vigilantes, partindo de todos os lados, até por parte daqueles que deveriam defender e faz o oposto, o portal consultou o setor jurídico da prefeitura, e foi sustentada pelos os advogados que não existe disparidade na função dos GMs.

Quem mora e reside no município, assim como os próprios GMs bem sabem, que a Guarda Municipal, sempre foi respeitada e prestigiada pala administração do prefeito Hélio Willamy, sendo uma tropa modelo na região.

Por sua atuação, a Guarda Municipal é reconhecida em nível de estado, uma corporação apesar de pequena, mas grande, se comparando as demais cidades maiores que criaram a GM no RN, o diferencial, são os grandes investimentos feitos pela prefeitura.

Embora para alguns da oposição a guarda fosse ilegal, hoje é reconhecida como patrimônio do povo, e queira ou não, ela representa a segurança dos jovens nas escolas, dos idosos nas ruas e de todos que precisam de uma cidade segura e organizada.


A denúncia feita a Procuradoria de Justiça busca declarar inconstitucional a Lei nº 457/2010 sancionada na administração do ex-prefeito Auricélio Texeira. “Em defesa a esse pedido de inconstitucionalidade o município de Guamaré sustenta a sua legalidade, e vai recorrer para manter o patrimônio do povo a serviço da população”, afirmou Hélio.

GUAMARÉ EM DIA

terça-feira, 12 de setembro de 2017

ATLÉTICO-GO E BAHIA ALTERNAM DOMÍNIO DA PARTIDA E EMPATAM EM GOIÂNIA



No encerramento da 23ª rodada, Atlético-GO e Bahia fizeram duelo equilibrado e no qual alternaram o domínio em campo. O Dragão começou melhor, abriu o marcador com Luiz Fernando, mas o Bahia igualou logo no início do segundo tempo com Zé Rafael. O placar de 1 a 1 em Goiânia acabou sendo ruim para os dois clubes.

Com o resultado, o Atlético-GO chega a 19 pontos, mas permanece na lanterna. O Bahia vai a 27, mas perde uma posição e cai para o 15º lugar.

O Dragão volta a campo sábado, quando visita a Ponte, às 21h, no Moisés Lucarelli. O Tricolor também joga fora: pega o Cruzeiro, domingo, às 19h, no Mineirão.


As duas equipes mostraram pouca inspiração no Olímpico. Mesmo superior no primeiro tempo, o Atlético-GO dependeu muito das bolas aéreas. O que fez de melhor foi o contra-ataque que originou o gol de Luiz Fernando. Na etapa final, o Bahia empatou rapidamente em boa jogada de Zé Rafael, criou algumas chances para virar, mas pecou pela falta de pontaria no setor ofensivo.

GE

MPF DENUNCIA LULA POR CORRUPÇÃO PASSIVA NA OPERAÇÃO ZELOTES



O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça Federal o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela segunda vez na Operação Zelotes. O petista foi acusado de corrupção passiva junto do ex-ministro Gilberto Carvalho (PT). Os procuradores dizem que os petistas pediram 6 milhões de reais em propinas para viabilizar a elaboração e a edição da Medida Provisória 471/09, que prorrogou por cinco anos benefícios tributários às empresas do setor automobilístico

A Justiça Federal já aceitou uma acusação apresentada anteriormente contra Lula e o filho dele, Luiz Cláudio Lula da Silva, pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa no âmbito da Operação Zelotes. Na semana passada, o ex-presidente foi denunciado outras duas vezes pela Procuradoria-Geral da República, por formação de organização criminosa e por obstrução à Justiça. As duas últimas acusações da PGR foram no âmbito da Operação Lava Jato.

Outras cinco pessoas foram denunciadas por corrupção ativa: os empresários Carlos Alberto de Oliveira Andrade (Grupo Caoa) e Paulo Arantes Ferraz (MMC – Mitsubishi), o ex-conselheiro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) José Ricardo da Silva, o lobista Alexandre Paes dos Santos e o executivo Mauro Marcondes Machado.

Segundo os procuradores da República Frederico Paiva e Hebert Mesquita, a elaboração da Medida Provisória envolveu promessas de pagamentos de vantagens indevidas a intermediários do esquema e a políticos. A montadora MMC teria repassado à empresa M&M, de propriedade de Mauro Marcondes, metade do valor acertado para abastecer o esquema fraudulento. Segundo os procuradores, a M&M foi um canal de recebimento e distribuição da propina.

Do total repassado à M&M, segundo o MPF, Lula e Gilberto Carvalho ouviram a promessa de que teriam acesso a 6 milhões de reais para custear campanhas eleitorais do PT. O grupo criminoso teria começado a atuar junto ao governo em junho de 2009, após o ex-conselheiro do Carf José Ricardo Silva ter recebido de Ricardo Rett, diretor jurídico da M&M, duas cartas endereçadas a Lula com pedidos de alteração legislativa.

Os documentos sugeriam que as mudanças fossem feitas por meio de Medida Provisória, o que veio a acontecer. O MPF afirma possuir manuscritos, e-mails e atas de reuniões que comprovariam os laços entre os envolvidos no esquema e agentes do poder público.

Segundo o MPF, Lula e Gilberto Carvalho tinham exigido 10 milhões de reais em propinas, mas a quantia foi reduzida para 6 milhões de reais após a atuação de Mauro Marcondes. Para os procuradores, a Medida Provisória teve andamento atípico ao passar por três ministérios só no dia 19 de novembro de 2009.

Segundo o MPF, não há dúvidas de que Lula e Gilberto Carvalho praticaram crime de corrupção passiva ao aceitar a proposta apresentada por Mauro Marcondes, em nome da organização criminosa. Os procuradores declararam que a Medida Provisória, que favoreceu as montadoras de veículos MMC e Caoa, foi editada de forma célere e atípica, “exatamente nos termos encomendados”, sendo que foi “franqueado aos corruptores, inclusive, conhecimento do texto dela antes de ser publicada e sequer numerada“.


A ação penal será analisada pela 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília. Por falta de provas, o MPF decidiu não denunciar o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e a sócia da M&M e mulher de Mauro Marcondes, Cristina Mautoni.

VEJA

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

'TEMOS DE MELHORAR': CARILLE ENUMERA ERROS DO CORINTHIANS EM NOVA DERROTA



Três derrotas em quatro partidas no segundo turno acenderam o sinal de alerta do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe do técnico Fábio Carille saiu derrotada por 2 a 0 pelo Santos e viu o rival diminuir a distância para nove pontos restando 15 rodadas para o fim do torneio. De acordo com o comandante, o resultado pode ser considerado normal, mas como ocorre após duas derrotas consecutivas em casa merece maior atenção.



- Todo técnico queria estar com essa dificuldade em questão de pontuação. Mas nosso segundo turno não é bom e precisamos melhorar, temos de melhorar se queremos algo no campeonato. Mais atenção e preocupação. Jogar contra o Santos aqui não é fácil. Viemos para ganhar, mas uma derrota não é um resultado absurdo e o alerta tem que estar ligado sempre. O campeonato é de dificuldade. É um segundo turno que a gente não esperava - disse Carille, antes de enumerar os erros do Timão contra o Santos.



- Fizemos um bom jogo aqui, criamos oportunidades e os dois gols do Santos foram em cima do nosso erro. O principal fator foram erros de passe nossos, passes simples que cobro tanto. Também voltamos a falhar na finalização. Sou muito ciente e tranquilo do que está acontecendo, sei que preciso melhorar, mas sou o mesmo cara de sempre. O que me chateou foram os erros de passe e a questão da finalização, que vamos continuar trabalhando.

O Corinthians obteve o melhor turno da história do Campeonato Brasileiro na primeira metade, quando alcançou inéditos 47 pontos. No segundo turno, entretanto, o desempenho é de zona de rebaixamento, com três pontos somados em 12 disputados. O Grêmio está sete pontos atrás e o Santos, terceiro colocado, agora está a nove de distância. Preocupação?




- A gente tem que ser inteligente, o Grêmio em quatro jogos fez quatro pontos e nós três. Não conseguimos os resultados esperados, mas estamos com uma vantagem grande pelo que fizemos no primeiro turno. Penso jogo a jogo. Sei que temos sete pontos e não é fácil tirar.

DIÁRIO O LANCE!

"POLÊMICO" FILME SOBRE A LAVA JATO FRACASSA NOS CINEMAS



A estreia do polêmico filme sobre a Operação Lava Jato, no dia 7 de setembro, foi marcada pelo silêncio nas redes sociais e na imprensa. Segundo informações preliminares, a bilheteria deste fim de semana prolongado promete um retumbante fracasso.

Segundo o jornal paranaense Gazeta do Povo, o filme estreou em 16 salas de Curitiba e contou com uma média de 60 pessoas por sessão, "sem a lotação esperada".

Parece que, neste caso, considerando as últimas reviravoltas da política brasileira, a vida tem sido bem mais interessante, do que a sua dramatização, mesmo com toda a propaganda da "Lava Jato – Polícia Federal, a lei é para todos".

​Parece que mesmo a internet, sempre rápida em proporcionar um impressionante volume de comentários e conteúdos, teve dificuldade em reagir à peça, acusada de propaganda política por uns, e comemorada por outros.

De todo modo, o fraco desempenho da película nos cinemas foi notado, por enquanto, com bastante parcimônia.

​Como era de se esperar, os políticos alinhados ao atual governo aplaudiram a peça.

​E as principais figuras da oposição ao Temer e alinhados de alguma forma ao PT não pouparam críticas.


​Os memes, certamente, não devem demorar a chegar. Se o filme for visto por um número suficiente de pessoas.

BLOG EDILMAR MEDEIROS

TRAGÉDIA NA BR-101 MATA 11 MEMBROS DE GRUPO DE DANÇA EM MIMOSO DO SUL, NO ES



Uma nova tragédia na BR-101, no Sul do Espírito Santo, matou 11 membros de um grupo de dança em um acidente entre dois caminhões, um Ford Ka e um micro-ônibus, na tarde deste domingo (10), na altura do km 450 da rodovia federal, em Mimoso do Sul. A suspeita é de que uma carreta carregada com granito tenha causado e dois motoristas foram ouvidos pela polícia. Uma perícia está sendo feita para apurar a causa desta fatalidade.

O micro-ônibus e um dos caminhões pegaram fogo. Todas as vítimas estavam no micro-ônibus e faziam parte do grupo de dança Bergfreunde, de Domingos Martins, na região Serrana do estado. Eles voltavam de uma apresentação em Juiz de Fora (MG).

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), todos os corpos foram retirados do micro-ônibus e serão encaminhados para o DML de Vitória, na manhã desta segunda-feira (11). O serviço de perícia ainda não foi concluído. Três corpos foram encontrados do lado de fora do micro-ônibus.

Dez pessoas foram resgatadas pelos Bombeiros e pela ECO 101 e encaminhadas para a Santa Casa de Cachoeiro.
Feridos
Foram encaminhados para Santa Casa de Cachoeiro:
7 foram atendidos e liberados;
1 se encontra no centro cirúrgico em virtude de fratura no antebraço
1 com queimadura de 2° grau comprometendo 60% do corpo
1 com escoriações diversas ainda em atendimento.

Não foi necessário a transferência de nenhum paciente.
O inspetor Macedo Miranda, chefe da Comunicação da PRF, falou com a reportagem do Gazeta Online e disse que não chovia no momento do acidente e que os dois sentidos da rodovia foram totalmente interditados.
A BR-101 ficou interditada até as 22h40 deste domingo. O incêndio voltou duas horas depois de controlado e atrasou a liberação da via, segundo a PRF. Um grande congestionamento se formou no local.

Dinâmica do acidente
Segundo a PRF, um caminhão carregado de placas de granito foi o causador do acidente. A polícia informou que o acidente aconteceu da seguinte forma:
Um caminhão carregado com chapas de granito estava ultrapassando outro veículo, no sentido Rio, quando perdeu o controle, invadiu a contra mão e colidiu com o micro-ônibus que vinha em sentido contrário.

O micro-ônibus, após ser atingido, invadiu a contra mão e bateu na carreta com cerveja. Os dois veículos pegaram fogo.

O Ford Ka, em seguida, colidiu com os pedaços de granito espalhados na via. O caminhão com granito foi apreendido para perícia.



A PRF informou que os motoristas do caminhão, da carreta e do automóvel foram encaminhados para o DPJ de Cachoeiro de Itapemirim. O caminhoneiro que conduzia a carreta com granito não foi detido pela PRF e, agora, o delegado vai decidir sobre o indiciamento ou não do motorista causador do acidente.

Uma pessoa que passava pela rodovia na hora do acidente registrou o incêndio.

Vítima
O Ednor Bispo Pereira era o motorista do caminhão que vinha atrás da carreta com as chapas de granito. Ele conseguiu sair do caminhão antes do fogo começar. Ele disse que tentou tirar passageiros do micro-ônibus.



“Na hora que bateu em mim, achei que fosse morrer. Quando saí, vi que estava pegando fogo. Ajudei a puxar uma pessoa. Tinha gente viva que não conseguiu sair do ônibus", disse o caminhoneiro, à reportagem da TV Gazeta.

O músico Éden Schambach Júnior, 48 anos, participou dos ensaios para a apresentação em Minas Gerais, mas não viajou com o grupo por conta de um compromisso na cidade. “Estavam todos felizes nos ensaios. Não fui por causa do meu show com o padre na comunidade de Santa Isabel. Estamos chocados”, lamentou, em entrevista ao Gazeta Online.

Ainda segundo Éden, o veículo no qual os dançarinos estavam foi alugado com recursos do Edital de Locomoção da Secretaria Estadual de Cultura (Secult). Reunidos no evento religioso, os moradores fizeram orações e um minuto de silêncio, em homenagem às vítimas.



Luto


O governador Paulo Hartung decretou luto oficial de três dias. "Estamos profundamente tristes. Tenho imenso carinho pelos integrantes do grupo Bergfreunde de Campinho, que foi o primeiro grupo folclórico alemão no Espírito Santo. Esse acidente representa uma perda enorme para o nosso Estado”, disse Hartung.

G1

RUEDA DIZ QUE FLA PAGOU POR TIME MEXIDO E LAMENTA "TEMPO IMPRODUTIVO"



Em um minuto e meio na primeira resposta da coletiva, Rueda deu voltas e disse que a opção de atuar sem seus principais titulares na derrota por 2 a 0 para o Botafogo não significava deixar a Copa do Brasil e Sul-Americana como prioridades.

Ao longo da entrevista, o treinador colombiano deixou nas entrelinhas que está vendo as respostas dos jogadores - foi assim na Primeira Liga e se repetiu no Engenhão. Se não são meros testes, é um laboratório num momento em que a distância para o pelotão da frente no Brasileiro segue distante.

Com 35 pontos, são 15 de diferença para o Corinthians, oito do Grêmio e seis do Santos. A derrota no Nilton Santos foi a primeira nos sete jogos de Rueda pelo Flamengo - anteriormente, eram três vitórias e três empates. A defesa sofreu como não havia acontecido ainda com o treinador colombiano.

Para ele, a diferença entre o Flamengo, que foi melhor no primeiro tempo, e o Botafogo, melhor na segunda etapa, foi a eficácia alvinegra. As mexidas - Rafael Vaz, Trauco, Rômulo, Matheus Savio e Geuvânio atuaram desde o início - fizeram a equipe sofrer um pouco, principalmente com a força física do Botafogo.


- A escalação de hoje não era para priorizar a Sul-Americana e Copa do Brasil. Mas era para colocar alguns jogadores que não vêm jogando com regularidade, mas isso se paga, né. Isso se paga. Infelizmente, não fomos eficazes no primeiro tempo. Foi jogo de dois tempos diferentes e não finalizamos no primeiro tempo quando tivemos o controle do jogo. E depois o Botafogo mostrou sua força. É uma equipe com muita aplicação, com muita força nas bolas paradas. E saíram muito bem no contra-ataque. Ali resolveram o jogo. Temos que levantar a cabeça e fazer o trabalho para quarta-feira contra a Chapecoense - disse o treinador do Flamengo.

GE

JOESLEY E RICARDO SAUD SE ENTREGAM À PF EM SP



O empresário Joesley Batista e o executivo Ricardo Saud, do grupo J&F, se entregaram à Polícia Federal em São Paulo na tarde deste domingo (10). A informação foi confirmada pela assessoria da empresa. Os executivos devem ser transferidos para Brasília na segunda-feira. A prisão temporária foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O pedido de prisão foi feito depois de Janot concluir que os colaboradores esconderam do Ministério Público fatos criminosos que deveriam ter sido contados nos depoimentos. A conclusão de que os delatores omitiram informações passou a ser investigada pela PGR a partir de gravações entregues pelos próprios delatores como complemento do acordo.

A PGR também pediu a prisão do ex-procurador da República Marcelo Miller, mas Fachin disse que não há elemento indiciário com a consistência necessária à decretação da prisão temporária.

Fachin havia determinado que o cumprimento dos mandados ocorressem com a “máxima discrição e com a menor ostensividade”, evitando o uso de algemas, pois não se trata de pessoas perigosas. “Deverá a autoridade policial responsável pelo cumprimento das medidas tomar as cautelas apropriadas, especialmente para preservar a imagem dos presos, evitando qualquer exposição pública”, diz a decisão.

No sábado, a defesa do grupo JBS colocou à disposição os passaportes do empresário Joesley Batista e do ex-diretor de Relações Institucionais da holding Ricardo Saud. A defesa do ex-procurador Marcelo Miller também colocou os documentos dele à disposição.

De acordo com decisão do ministro os delatores terão de cumprir inicialmente prisão temporária, com prazo de cinco dias. Depois, o encarceramento pode ser estendido por igual período ou convertida em prisão preventiva, sem prazo para acabar.

O pedido para prender os dois delatores da J&F e o ex-procurador Marcelo Miller havia sido apresentado ao STF sob sigilo pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, na noite da sexta-feira, no momento em que o ex-procurador estava depondo no procedimento aberto pelo chefe do Ministério Público Federal (MPF) para revisar o acordo de delação premiada de Joesley, Saud e do advogado Francisco de Assis e Silva, também diretor do grupo.

Em nota a assessoria do grupo JBS confirmou a apresentação de Joesley e Saud à PF:

Nota Defesa Joesley Batista e Ricardo Saud

Joesley Batista e Ricardo Saud, da J&F, se apresentaram voluntariamente à Superintendência da Polícia Federal, na tarde de hoje, em São Paulo.

Joesley Batista e Ricardo Saud reafirmam que não mentiram nem omitiram informações no processo que levou ao acordo de colaboração premiada e que estão cumprindo o acordo.

Em todos os processos de colaboração, os colaboradores entregam os anexos e as provas à Procuradoria e depois são chamados a depor. Nesse caso, Joesley Batista e Ricardo Saud ainda não foram ouvidos.

No dia 31 de agosto, cumprindo o prazo do acordo, além dos áudios, foi entregue uma série de anexos complementares, e os dois colaboradores ainda estão à espera de serem chamados para serem ouvidos.


O empresário e o executivo enfatizam a robustez de sua colaboração e seguem, com interesse total e absoluto, dispostos a contribuir com a Justiça.

AGÊNCIA BRASIL

domingo, 10 de setembro de 2017

O MUNDO ENCANTADO DA LITERATURA NO 7 DE SETEMBRO EM GUAMARÉ



“Um desfile cívico para entrar para a história da cidade”. Essa foi a opinião do cordelista Antônio Francisco, que desfilou com a Escola Francisco Freire na parada do 7 de Setembro em Guamaré. O evento foi prestigiado pelo prefeito Hélio Willamy, vice-prefeita Iracema Moraes, os vereadores Carlos Câmara, Lizete Negreiros, Eudes Miranda e Ednor de Albuquerque, secretários municipais e pelo Prefeito de Macau, Tulio Lemos.




Uma boa estrutura foi montada na orla de Aratuá, que abriu espaço para os desfiles dos alunos das escolas da rede pública e convidados. Um grande público prestigiou a passagem das representações estudantis que apresentaram na avenida uma releitura do tema: “Viajando no Mundo Encantado da Literatura".




Para contextualizar a temática, a Secretaria Municipal de Educação trabalhou com vários escritores da literatura infantil, contando estórias bem conhecidas do público, entre fábulas e contos, resgatando personagens imortalizados em livros e nas estórias de quadrinhos.




Participaram ainda do desfile cívico, as bandas marciais das Escolas Benvinda Nunes Teixeira e Maria Madalena da Silva (Baixa do Meio) e a filarmônica do município. A Guarda Municipal, a Defesa Civil, um pelotão da Guarda Mirim e os jovens do Núcleo de Justiça Comunitária também receberam os aplausos das autoridades e do público.





“O momento é de agradecimento a todos que fizeram desse desfile uma ocasião ímpar e inesquecível”, declarou o prefeito Hélio Willamy, destacando a riqueza do trabalho apresentado pelas escolas para a população. “Vimos aqui o reflexo do compromisso da nossa gestão com a educação de Guamaré”, concluiu. Também falaram ao público, a vice-prefeita Iracema Morais e a Secretária de Educação, Cinthya Miranda.







ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE GUAMARÉ

HOJE 10 DE SETEMBRO DIA MUNDIAL DA PREVENÇÃO AO SUICÍDIO



O BLOG DG APOIA ESTA CAUSA!!!

VEREADORA É FEITA REFÉM DE BANDIDOS DURANTE ARRASTÃO EM PARNAMIRIM



A vereadora de Parnamirim, Rhalessa Freire (PTN), foi vítima de um arrastão na noite deste sábado, em sua residência, no bairro Bela Parnamirim.

Os bandidos roubaram vários objetos no interior do imóvel, além de uma Saveiro de placas OJV8645, utilizada na fuga. Felizmente, as vítimas não foram feridas.


A Polícia Militar foi acionada e diligências estão sendo feitas no intuito de localizar e prender os suspeitos.

O NATALENSE

ATENDENDO COBRANÇAS DO PREFEITO TULIO LEMOS, GOVERNO DO ESTADO SE PRONUNCIA OFICIALMENTE SOBRE CRISE NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM MACAU



Após repetidas cobranças do prefeito de Macau, Tulio Lemos de um posicionamento oficial do Governo do Estado e da Caern acerca do desabastecimento de água que castiga a cidade, em nota à imprensa, o governo informa algumas providências adotadas e convoca uma reunião para a próxima segunda-feira, 11, com os prefeitos da região, usuários de água produtores da região do Vale do Açu e representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu para, juntos, encontrarem a melhor alternativa para dar continuidade ao abastecimento desses municípios.





Veja o comunicado do Governo do Estado:



Nota à Imprensa



A respeito de problemas no abastecimento de água em municípios da região do Vale do Açu, o Governo do Estado esclarece:



Há cerca de dez dias, a CAERN comunicou a dificuldade para efetuar a captação e abastecimento para a população daquela região. A partir dessa informação, a fiscalização do Instituto de Gestão de Águas (IGARN) detectou o aprofundamento de canais que desviam água do leito natural do rio Açu para captação de produtores que atuam na área, reduzindo a disponibilidade hídrica do sistema para as cidades de Pendências, Alto do Rodrigues, Macau e Guamaré.





O Estado notificou a Agência Nacional de Águas (ANA), órgão responsável pela gestão do sistema.



Mesmo sendo prerrogativa da ANA apurar e tomar as medidas cabíveis para solucionar essa situação, o Governo do Estado está adotando providências para minimizar os efeitos do desabastecimento.



1. Está sendo encaminhado à ANA e ao Ministério da Integração Nacional o pedido formal de desassoreamento do rio Açu, iniciando pelo trecho entre Alto do Rodrigues e Pendências;



2. Na próxima segunda-feira (11) serão reunidos os usuários de água produtores da região do Vale do Açu e representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica para, juntos, encontrarmos a melhor alternativa para dar continuidade ao abastecimento dos municípios da região;



3. Também serão reunidos os prefeitos das cidades atingidas pelo desabastecimento daquele sistema para iniciar as orientações a respeito da gestão da Operação Vertente (carros-pipa), que objetiva o abastecimento humano.



O Governo do Estado está empenhado em encontrar as devidas soluções para esta questão com a maior rapidez e com o mínimo de prejuízo para a população.




Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos

JANOT PEDE PRISÃO DE JOESLEY E DENUNCIA SENADORES



O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta sexta (8) um pedido de prisão dos delatores da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud e também do ex-procurador Marcello Miller, segundo matéria publicada na noite passada pela Folha de São Paulo.

A solicitação de Janot ainda vai ser analisada pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na corte e o responsável pela homologação do acordo de delação dos executivos do grupo.

O pedido de prisão foi feito após a Procuradoria-Geral da República ouvi-los nos dois últimos dias sobre a gravação em que Joesley e Saud indicam possível atuação de Miller no acordo de delação quando ainda era procurador - ele deixou o cargo oficialmente em 5 de abril.

Para a equipe de Janot, houve patente descumprimento de dois pontos de uma cláusula do acordo de delação que tratam de omissão de má-fé, o que justificaria rever os benefícios.

O pedido de Janot está sob sigilo. Não há previsão ainda sobre quando Fachin vai despachá-lo.

Senado Federal

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ainda no dia de ontem denunciou ao Supremo Tribunal Federal sete membros do PMDB por integrarem organização criminosa que desviou recursos públicos e obteve vantagens indevidas, sobretudo no âmbito da administração pública e do Senado Federal.

Os denunciados Edison Lobão, Jader Barbalho, Renan Calheiros, José Sarney, Sérgio Machado, Romero Jucá e Valdir Raupp são acusados de receberem propina de R$ 864 milhões e gerarem prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro. Esta é a 34ª denúncia oferecida pela PGR no âmbito da Operação Lava Jato no STF.

A organização criminosa denunciada foi inicialmente constituída e estruturada em 2002, por ocasião da eleição de Lula à Presidência da República. Iniciado o seu governo, em 2003, Lula buscou compor uma base aliada mais robusta. Para tanto, negociou o apoio do PMDB e do PP, respectivamente a segunda e quinta maiores bancadas da Câmara dos Deputados.


“Em comum, os integrantes do PT, do PMDB e do PP queriam arrecadar recursos ilícitos para financiar seus projetos próprios. Assim, decidiram se juntar e dividir os cargos públicos mais relevantes, de forma que todos pudessem de alguma maneira ter asseguradas fontes de vantagens indevidas”, diz.

FOCO NEWS

DE MEIA ARRASTÃO, ANITTA REBOLA MUITO DURANTE SHOW EM BH



Ela não para! Anitta animou Belo Horizonte durante sua apresentação no Estádio do Mineirão, neste sábado (9). Cantando seus hits de sucesso, a cantora subiu ao palco a bordo de um look todo trabalhado no tecido arrastão e botas over the knee.


Cheia de acessórios e um maxibrinco, a cantora desceu até o chão e rebolou muito. Investindo na carreira internacional, ela lançou no último domingo (3) o seu primeiro single totalmente em inglês, Will I See You. A composição foi feita em parceria com o produtor norte-americano Poo Bear, conhecido por trabalhar em hits Where Are Ü Now e What Do You Mean?, de Justin Bieber, e Angel, do grupo Fifth Harmony.

GLOBO.COM

FORA DE SÃO JANUÁRIO, TORCIDA CUMPRE PROMESSA E "ABRAÇA" O VASCO



O desavisado que passasse pela rua Francisco Palheta na tarde de sábado acharia que era apenas mais um jogo normal do Vasco em São Januário. Entretanto, o amontoado de torcedores batendo bumbos, tremulando bandeiras e cantando tinha outra missão. Impedidos de entrar no estádio para assistir ao duelo com o Grêmio, eles estavam ali apenas para "abraçar" o time.

Se o Vasco teve de jogar com portões fechados, os torcedores fizeram seu papel. Concentraram-se no portão 9 de São Januário, por onde chega o ônibus com os jogadores. Fizeram festa quando o veículo apareceu: cantaram enquanto o seguiam em procissão até a entrada do estádio. Pediam raça, mas o tom era amistoso. No fim da primeira parte da festa, cantaram o hino do clube.

Dentro de São Januário, silêncio sepulcral antes do jogo. Apenas dirigentes, funcionários e membros das comissões técnicas dividiram o estádio com os atores do espetáculo e a imprensa. Quando a bola rolou, o contexto permitia ouvir boa parte das conversas em campo. Pelo Vasco, Martín Silva foi dos mais falantes, sempre chamando a atenção de seus companheiros.

Mas este não era o único som. Mal começou o jogo, e os torcedores se concentraram nos bares nos arredores de São Januário. Na entrada principal do clube, alguns ainda se espremeram no portão, tentando ver uma nesga de gramado que fosse. No fim, contentaram-se com a televisão. E passaram a cantar de forma que quem estava dentro do estádio ouvia perfeitamente.
- Ouvimos tudo. Os atletas perceberam. Essa sinergia é fundamental. No momento em que a gente tiver a presença do nosso torcedor, ele também será de fundamental importância para empurrar o Vasco para cima - disse o técnico Zé Ricardo.

O contexto da partida rendeu momentos curiosos. Como assistiam ao jogo pela televisão, os torcedores reagiam com certo atraso aos lances.

O gol de Mateus Vital, aos 42 minutos do primeiro tempo, por exemplo, só foi comemorado alguns segundos depois, quando os jogadores se preparavam para o reinício. Na etapa final, foi a vez de Paulinho ter seu nome gritado ao entrar no lugar de Wagner quando já estava em campo.

No fim, o apoio funcionou. O Vasco venceu por 1 a 0 e se aproximou da zona de classificação para a Libertadores. Aos torcedores, resta a espera: o clube ainda precisa cumprir mais uma partida com portões fechados, contra a Chapecoense, no dia 30 de setembro. O reencontro acontece no clássico com o Botafogo, em 14 de outubro.

GE